Passe o mouse para ampliar
ESCOLIOMETRO 12-1099 BASELINE
ESCOLIOMETRO 12-1099 BASELINE
ESCOLIOMETRO 12-1099 BASELINE

ESCOLIOMETRO 12-1099 BASELINE


Instrumento de plástico para a avaliação da escoliose (desvio da coluna vertebral no plano lateral, direito ou esquerdo).
O instrumento detecta a anomalia e sua gravidade.
Possui uma esfera que oscila dentro de um canal; esta esfera indica directamente na escala os graus de desvio em relação ao plano horizontal.
Os valores medidos são aproximados.
Fácil de limpar e desinfectar, utilizando um pano humedecido em água e sabão neutro ou álcool desnaturado, respectivamente.
Leve, 100 gramas e muito prático, 17cm de comprimento.


R$ 294,00

ou 3x de R$ 98,00






Dispositivo de medida em graus da escoliosis, ideal para a sua detecção precoz.

Método não agressivo.

Fácil aplicação.

Rápido

Medicina preventiva.

Muito aconselhável para revisões de grandes coletivos.

Medicina rural.

Baixo custo.

Diferentes grupos de ortopedas, em diferentes países, procuraram sistemas fiáveis para evidenciar e deixar constância de escoliosis incipientes e, em maior parte dos casos, alarmantemente evolutivas com as suas secuelas funcionais, tanto para a própria coluna vertebral como dos órgãos situados no seu meio (medula espinal, coração, pulmões, etc.) além das estéticas e psicológicas.

Até agora, a única metodologia que satisfaz todas as premissas desejáveis para este tipo de observações, é a prática da exploração do dorso recorrendo, como recomenda a Scoliosis Research Society, à posição descrita por Adams (figuras adjuntas), complementada com a medida do grau de giba costal (sinónimo da rotação vertebral nos casos de escoliosis ?lados?, por médio do ESCOLIOMETRO, nas curvas torácicas ou do ressalte ou prominencia das massas musculares paravertebrales nas curvas toraco-lumbares ou nas lumbares. 

 

Situar ao sujeito em bipedestación erecta, braços anexados ao tronco. Ordena-se a este que, sem dobrar os joelhos, incline o seu tronco para diante e separe para diante os braços, cotovelos estendidos, em uma tentativa de tocar o chão com os dedos das mãos. Ao alcançar uma flexão de tronco de 45º, pára o seu movimento (70º para a observação da coluna tronco-lumbar e 90º para a lumbar). Figuras 1, 2, 3 e 4. 

Se suspeita-se de asimetría, apoiar-se-á suavemente o ESCOLIOMETRO, em posição transversal, em dito nível ou ponto, de forma que o entalhe do dispositivo ESCOLIOMETRO coincida com a linha média longitudinal que subcutáneamente projetam as sucessivas apófisis espinhosas. 

Ler sobre a escala a medição em graus, que, automaticamente indicará o aparelho. Considera-se dentro dos limites de normalidade (+/- 5), gravados em negro. 

Se a leitura assinala mais de cinco, recomenda-se aprofundar na investigação, fazendo participar na mesma a um especialista.

Continuar o seguimento, declarando mediante o aparelho ESCOLIOMETRO, com a periodicidade que se estime, a critério do experiente.    




X AVISO
Produto adicionado ao carrinho com sucesso!


Digite seu e-mail para receber ofertas impredíveis!!
Selos
Selos
Selos

© 2017 Nova Saúde- Todos os Direitos Reservados

Design por AleMaciell